Universidade e Faculdade

tudo o que você precisa saber sobre universidades e faculdades

ProUni tem mais de 46 mil bolsas ociosas.

Uma das principais vitrines da política educacional do governo Lula, o ProUni (Programa Universidade para Todos) amarga uma sobra de 46.623 bolsas oferecidas, o correspondente a 39,2% do total.

O programa permite que alunos carentes estudem em instituições de ensino superior privadas com bolsa integral ou parcial (de 25% ou 50%).

Em troca, as universidades ganham isenção de tributos. Se elas tiverem dívidas com a União, podem parcelá-las em até dez anos a juros da taxa Selic (12,75% ao ano), menores do que as de um banco privado.

No último processo seletivo do programa, para o segundo semestre de 2008, foram oferecidas 118.871 bolsas, mas apenas 72.248 candidatos foram pré-selecionados. Eles tiraram a nota mínima do Enem para pleitear uma bolsa (45 pontos), mas, para obter a vaga, terão de comprovar renda familiar per capita menor do que três salários mínimos. Ou seja, as vagas ociosas podem aumentar.

Quase todas as bolsas não utilizadas são parciais (94%). Boa parte (45%) é de ensino à distância –“modalidade que requer recursos tecnológicos que, muitas vezes, os candidatos a bolsa não possuem, como computador, acesso à internet em banda larga e possibilidade de deslocamentos periódicos aos pólos [presenciais]”, afirma o Ministério da Educação, ao justificar a sobra.

A maior parte das bolsas, integrais ou parciais, não-preenchidas (88%) são aquelas que as instituições oferecem a mais do que o número exigido pela lei – uma bolsa para cada 10,7 estudantes pagantes. Essas não têm impacto sobre o cálculo da isenção de tributos.

Se forem considerados os cursos, a sobra de bolsas se concentra em administração (12%), ciências contábeis (9%), pedagogia (9%), turismo (7%) e economia (6%). Essas áreas tiveram também o maior número de bolsas oferecidas.

O percentual de bolsas não-preenchidas neste ano é similar ao verificado em 2007. A proporção de bolsas ociosas foi de 33% no primeiro semestre do ano passado –em maio de 2007, os números parciais divulgados pela Folha já indicavam uma sobra de 10,6% das vagas– e de 40% no segundo. Em 2008, foi de 29% no primeiro semestre e, no segundo, no mínimo de 39%.

Medidas e críticas

Os novos números mostram o insucesso de medidas anunciadas em 2007 para estimular e facilitar as adesões ao programa. Entre elas, o aumento do prazo de pagamento, de uma vez e meia o tempo de duração do curso para o dobro de tempo – antes, um curso de quatro anos era pago em seis anos e agora pode ser quitado em oito.

Especialistas apontam como razão para a sobra de vagas a dificuldade de encontrar alunos que atendam aos dois pré-requisitos – a nota mínima no Enem e o limite de renda.

Roberto Leher, do departamento de fundamentos da educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro e crítico do ProUni, diz que não houve, em paralelo com o programa, uma política para melhorar o ensino médio e reduzir a evasão dos estudantes carentes.

“A seletividade social do ensino médio não se alterou. Nos primeiros anos, o ProUni atendeu uma demanda reprimida. Agora, ela em parte foi coberta, e o numero de alunos que conclui o ensino médio dentro do nível de renda é muito baixo”, diz. “Foi alterada a porta, mas não o caminho até a porta.”

Ryon Braga, da consultoria Hoper, aponta a renda como o maior obstáculo. Segundo ele, além da bolsa, os candidatos precisam comprar livros e pagar transporte, por exemplo.

O MEC criou uma bolsa-permanência de R$ 300 mensais, mas, no primeiro semestre de 2007, apenas 4% dos selecionados foram considerados aptos a recebê-la – o critério é ter bolsa integral e estar matriculado em curso com ao menos seis horas de aula diárias.

NÃO DEIXE DE VER:

USP aumenta número de vagas para cursos de graduação

junho 30, 2008 - Posted by | universidades | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

7 Comentários »

  1. Eu não cosceguir terminar meu curso de pedagogia,porque
    não pode pagar. Fiz ainscrição no prouni e não me chamaram
    deve ter muitos igual amim! gostária de realizar meu sonho

    AJUDA-ME!

    061-3489-55-87 96032791

    PROFESSORA DEZENPREGADA-QUE TRISTEZA

    Comentário por maria do carmo | julho 7, 2008

  2. eu fiz a prova do enem no ano de 2007 e nao me escrevi para o pro uni,gostari de saber se posso fazer minha iscriçao neste ano de 2008

    Comentário por mariajosecantanhedereis | julho 10, 2008

  3. eu fiz o enem no ano de 2007,nao fiz minha inscriçao para o pro une.gostaria de saber se ainda posso fazer.

    Comentário por mariajosecantanhedereis | julho 10, 2008

  4. O ENEM nao é exatamente o que muitos estudantes pensam, ou seja

    Comentário por eliane | julho 11, 2008

  5. queria muito fazer o prouni,mas nao foi possivel,pois me equivoquei com o enem da univali pensando que era o enem do prouni,sera que alguem pode me ajudar.

    Comentário por viviane | julho 14, 2008

  6. Visto que há tantas bolsas sobrando porque não direcionam essas bolsas para pessoas que até hoje não tiveram oportunidade de cursar uma faculdade.por exemplo na cidade de Canguçu há varias pessoas que desejam cursar uma faculdade e por não terem recursos financeiros ou não terem disponibilidade de se deslocarem para outra cidade ficam a espera de que o governo federal abra espaço principalmente para maiores de 45 anos. se acharem que podem responder este comentario, agradeço desde já.

    Comentário por maria peres da silveira | julho 15, 2008

  7. Gostaria de deixar aqui registrado minha indignçao com o Proun, pois fui selecionada em primeira chamada para esse segundo semestre e levei os documentos na instituiçao para comprovar a renda, porém fui reprovada por falta de um documento que não achava que fosse necessário. O que me deixou mais indignada foi que eles nem sequer procuraram me informar.
    Simplesmente fui excluida, ou seja, apesar de batalhado, estudado e tirado uma boa nota no enem de nada valeu meus esforços pois ficou faltando um simples documento o qual não pudi nem enviar depois.
    Por isso eu não acho que esse programa seja tão justo!

    Comentário por DDT | julho 15, 2008


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: